LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Mulher é flagrada com celular no intestino grosso em vistoria


Uma mulher de 29 anos foi detida por agentes penitenciários da Cadeia Pública de Quixadá quando quis aproveitar o horário de visitas para entregar um telefone celular a um dos detentos. Segundo o diretor da unidade penitenciária, Mário Sérgio da Silva, esse tipo de prática é comum nas cadeias brasileiras, os visitantes tentarem entregar os aparelhos para os presidiários nos horários de maior movimento.

Todavia, essa foi a primeira vez na cadeia pública de Quixadá que um Raio X foi utilizado para localizar objetos nos corpos dos visitantes.De acordo com o diretor, a agente penitenciária da Cadeia de Quixadá percebeu um escorrimento na região genital de uma auxiliar doméstica. Ela pretendia visitar o marido.
Para evitar algum constrangimento desnecessário, já que ela negava a existência de qualquer objeto introduzido no seu corpo, a alternativa encontrada foi conduzi-la até o Hospital Municipal Eudásio Barroso, onde foi feito o Raio X. Quando a chapa foi revelada a equipe da Cadeia Pública ficou surpresa. Havia um aparelho celular no ânus dela. O objeto mede 5cm de largura por 6,5cm de comprimento. Estava num preservativo.
Ela foi conduzida até a Delegacia Regional da Polícia Civil e lá o telefone celular foi retirado, por ela, no banheiro. Em seguida foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra a doméstica, por crime específico, previsto no Código Penal. Em seguida ela foi liberada, mas se for condenada poderá pegar até um ano de prisão. Ela não explicou à Polícia como introduziu o celular no seu corpo. Disse apenas que havia sido a forma encontrada para levar o aparelho para o seu marido, um presidiário, já que dentro de pacotes de bolachas, de pães de e frutas os agentes estavam encontrando até drogas. Na ocasião, o diretor da Cadeia de Quixadá ressaltou que a auxiliar doméstica, estava encabeçando uma lista de abaixo-assinado, para exigir da Secretaria de Justiça a sua transferência para outra unidade penitenciária. O interesse dela e de familiares de outros presos está relacionado ao rigor estabelecido após assumir a direção da penitenciária no fim do ano passado. Conforme Mário Sérgio, o rigor nas vistorias ocorre para assegurar a integridade dos mais de 180 presos sob sua custodia e de sua equipe, com o apoio da Polícia Militar. Assim como a droga está sendo apreendida, para evitar violência entre os detentos, os celulares também são usados para planejarem e ordenarem crimes, de dentro das celas, acrescentou. Na última semana foram apreendidos dezenas de telefones celulares, em várias cadeias da região Centro do Estado. Fonte: Diário Sertão Central/DN

Juazeiro do Norte-CE: Travesti é morto a tiros em suposto caso de homofobia

Demontier Tenório///miseria.com.b
Alisson Henrique foi morto a tiros (Foto: Arquivo Pessoal)
Cerca de 24 horas após, um novo homicídio foi registrado em Juazeiro do Norte, sendo, desta vez, no bairro Aeroporto. Segundo informações colhidas pela reportagem do Site Miséria, Alisson Henrique da Silva, de aproximadamente 25 anos e apelidado por "Pequeno" estava ingerindo bebidas alcoólicas em um bar. Dois homens em uma moto chegaram ao estabelecimento no início da madrugada e um deles sacou um revólver.

A vítima se levantou e correu para tentar fugir da linha de tiros, mas terminou alvejada com dois disparos na cabeça e tombou dentro de uma casa. Pequeno ainda foi socorrido em uma ambulância do SAMU para o Hospital Regional do Cariri, mas já chegou sem vida. Ele era homossexual, residia em Natal (RN) e estava a trabalho em Juazeiro quando a polícia investiga um suposto caso de homofobia. O corpo foi levado para necropsia no IML se constituindo no 19º homicídio de julho e 102º do ano em Juazeiro.

IDENTIFICAÇÃO – Por outro lado, parentes do jovem assassinado na madrugada desta quarta-feira em um apartamento no cruzamento das ruas São Jorge e São Francisco em Juazeiro, fizeram o reconhecimento do corpo na noite de ontem. Trata-se de Tiago Gonçalves Bento, de 18 anos, que residia na Rua Cônego Climério, 268 (Pio XII) em Juazeiro.

Quando ainda era menor de idade, ele foi apreendido no cruzamento da Rua Frei Ibiapina com a Avenida Carlos Cruz (Pio XII), no dia 19 de março do ano passado, juntamente com Ronivon Azevedo Barbosa, de 20 anos. Ambos vestiam roupas que tinham sido furtadas de uma residência na madrugada do dia anterior, segundo a vítima denunciou à polícia na época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário