LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 29 de julho de 2014

Crato-CE: Irmão de homem morto sábado teve sua casa invadida por cinco pessoas que tentaram matá-lo


Demontier Tenório///miseria.com.br
A polícia encontrou cápsulas deflagradas de revolver e espingarda calibre 12 (Foto: Ilustrativa)
Um dia após o sepultamento de Cícero Agnaldo Venâncio Nascimento, de 35 anos, a casa que lhe serviu de velório foi invadida por cinco homens tentando matar o irmão dele. O atentado aconteceu por volta das 19h30min desta segunda-feira no imóvel localizado no Sítio Bebida Nova (Lameiro) na zona rural de Crato. O agricultor José Ednaldo do Nascimento, de 42 anos, estava em casa com sua esposa e ouviu o barulho do bando derrubando a cancela de acesso.

O quinteto invadiu o imóvel, mas o casal e filhos já tinham escapulido pela porta dos fundos se embrenhando num denso matagal conseguindo fugir da linha de tiros se abrigando numa residência próxima. Foram efetuados vários disparos e populares residentes nas imediações avisaram à polícia sobre os estampidos de arma de fogo. Uma equipe da FTA com o Subtenente Ariovaldo, o Cabo Marques e os Soldados Valdeir e Marcos Gomes foi ao local juntamente com outra do Ronda do Quarteirão.

A polícia encontrou cápsulas deflagradas de revolver e espingarda calibre 12 no terreiro da casa e fez uma varredura em toda a área se deparando com a porta da cozinha igualmente arrombada e, na sala de visitas, onde aconteceu o velório no domingo, havia marcas de tiros de espingarda e revolver. Diligências foram feitas pelos PMs que levaram o casal e filhos para a residência de um parente, a fim de ficarem mais seguros. Dentre os cinco estavam dois conhecidos como “Merson” e “Leandro”.

Estes, são, respectivamente, cunhado e primo de Agnaldo Venâncio o qual mataram com quatro tiros de revólver por volta das 17h30min de sábado naquela mesma localidade. A vítima respondia por furto e ainda tentou escapar tombando morto na varanda de uma casa próxima ao local onde se encontrou com seus algozes. Ainda no sábado, cerca de três horas antes, os dois já tinham tentando matar José Ednaldo que escapuliu.

Crato quer excluir 110 mil portadores ilegais de cartões SUS









Usuários da rede pública de saúde deverão participar de recadastramento e normalizar situação no setor (Foto: Serena Morais/Jornal do Cariri)
A facilidade em se obter um cartão SUS para o acesso gratuito aos serviços na saúde pública brasileira vem causando transtornos e prejuízos aos municípios. No Crato, por exemplo, que tem uma população de 120 mil habitantes, o banco de dados da Secretaria Municipal de Saúde possui 200 mil pessoas cadastradas portando o documento. O número real deveria ser, aproximadamente, de 90 mil usuários, ou seja, 75% da população.

A secretária de Saúde, Aline Alencar, aponta a fragilidade do sistema nacional, que permite a um usuário possuir dois cartões, assim como que pessoas de outros municípios se utilizem de endereços de amigos ou familiares morando na cidade. Estes são, segundo ela, os dois principais motivos da desproporcionalidade. Conforme explicou a secretária, a utilização do cartão SUS no Crato está causando prejuízos aos serviços, como distribuição de medicamentos, internações hospitalares, exames, cirurgias eletivas, atendimentos ambulatoriais e laboratoriais e demais procedimentos.

Na tentativa de excluir cerca de 110 mil pessoas registradas ilegalmente no banco de dados do SUS do município, a Secretaria de Saúde deu início a um recadastramento, que começou pelo Bairro Alto da Penha. O trabalho está sendo realizado pelos agentes de saúde que descobriram, na comunidade, irregularidades como a triplicidade de cartões, a inexistência de endereços e de pessoas que precisam do cartão, mas não o possuem.

O prefeito Ronaldo Gomes de Matos quer agilidade no recadastramento. Ele afirmou que a atual situação está causando problemas no repasse do dinheiro destinado aos hospitais que cuidam da atenção secundária e ao Programa Saúde da Família (PSF), que zela pela atenção básica. Para o prefeito, outro problema é que muitos municípios não cumprem com suas obrigações na saúde básica, fazendo com que procurem os serviços em outras localidades.

Fonte: Jornal do Cariri

Nenhum comentário:

Postar um comentário